Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

36

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 5 S1




Voltar ao sumário

 

Relato de Caso

Linfoma plasmoblástico oral como primeira manifestação da AIDS*

Oral plasmablastic lymphoma as the first manifestation of AIDS*


Daniela Assis do Vale1; Carolina Martelli Rogado2; Danielle Lima Corrêa de Carvalho1; Marilia Trierveiler3; Karem López Ortega3

1. Programa de Pós-graduação em Ciências Odontológicas - Área de Concentração Patologia Oral e Maxilofacial e Pacientes Especiais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FO-USP) – São Paulo (SP), Brasil
2. Centro de Atendimento a Pacientes Especiais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (CAPE-FO-USP) – São Paulo (SP), Brasil
3. Departamento de Estomatologia, disciplina de Patologia Oral e Maxilofacial da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FO-USP) – São Paulo (SP), Brasil

Trabalho submetido em 22.11.2015
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 16.04.2016
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Vale DA, Rogado CM, Carvalho DLC, Trierveiler M, Ortega KL. Linfoma plasmoblástico oral como primeira manifestação da AIDS. An Bras Dermatol. 2017;92(5 Supl 1):74-6.

Correspondência:

Karem López Ortega
Faculdade de Odontologia da USP
Av. Professor Lineu Prestes, 2227 Cidade Universitária
05508-000 - São Paulo, SP Brasil
E-mail: klortega@usp.br

 

Resumo

O linfoma plasmoblástico é do tipo não Hodgkin e caracteriza-se por sua diferenciação plasmocitária e predileção pela boca. Está entre os linfomas mais comumente associados à AIDS. Relatamos o caso de uma paciente diagnosticada com HIV que apresentou uma lesão exofítica em região de gengiva superior esquerda com duração de um mês. O diagnóstico de linfoma plasmoblástico foi dado de acordo com as características histopatológicas e imunofenotípicas da lesão. O tratamento estabelecido foi a quimioterapia, seguido de transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas. No entanto, apesar da remissão, a paciente veio a óbito por parada cardiorrespiratória. Este caso mostra o linfoma plasmoblástico como a primeira manifestação clínica da AIDS, demonstrando a importância de se diferenciar uma lesão potencialmente maligna de outros processos patológicos.

Palavras-chave: AIDS, HIV, Linfoma Relacionado à AIDS

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações