Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

39

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 92 Número 6




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Tratamento da psoríase ungueal com laser de corante pulsado*

Nail psoriasis treated with pulsed dye laser*


Juliano Peruzzo1; Gabriela Czarnobay Garbin2; Gabriela Maldonado2; Tania Ferreira Cestari3

1. Programa de Pós-graduação em Cirurgia - Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre (RS), Brasil
2. Clínica Privada – Porto Alegre (RS), Brasil
3. Serviço de Dermatologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (HCPA-UFRGS) – Porto Alegre (RS), Brasil

Trabalho submetido em 11.04.2016
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.02.2017
Suporte Financeiro: Fundo de Incentivo à Pesquisa e Eventos - FIPE/HCPA.
Conflito de Interesses: Nenhum.
Como citar este artigo: Peruzzo J, Garbin GC, Maldonado G, Cestari TF. Tratamento dea psoríase ungueal com laser de corante pulsado. An Bras Dermatol. 2017;92(6):891-3.

Correspondência:

Juliano Peruzzo
Rua Ramiro Barcelos, 2.350 Santa Cecilia
90035-903 Porto Alegre – RS - Brasil
E-mail: julianoperuzzo@gmail.com

 

Resumo

As alterações ungueais estão presentes em cerca de 50% dos pacientes com psoríase e costumam ser resistentes aos tratamentos. O laser de corante pulsado tem surgido como alternativa terapêutica. O objetivo do estudo é avaliar a eficácia do laser de corante pulsado na psoríase ungueal e o impacto do tratamento na qualidade de vida. Quatorze pacientes foram tratados com laser de corante pulsado por três meses. A avaliação foi realizada pelo índice de gravidade da psoríase ungueal. As medianas de melhora nas contagens do índice de gravidade da psoríase ungueal total, do leito e da matriz ungueais foram, respectivamente, de 44,15% (P = 0,002), 50% (P = 0,033) e 65,1% (P = 0,024).

Palavras-chave: Doenças da unha; Lasers de corante; Psoríase; Terapia a laser; Unhas

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações