Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

33

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

33

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 93 Número 1




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Carcinoma escamocelular pigmentado: relato de caso e importância do diagnóstico diferencial*

Pigmented squamous cell carcinoma: case report and importance of differential diagnosis*


Patrícia Motta de Morais1; Antônio Pedro Mendes Schettini1; Jeanine Alvarenga Rocha2; Renato Cândido da Silva Júnior3

1. Setor de Histopatologia da Fundação Alfredo da Matta (FUAM) – Manaus (AM), Brasil
2. Clínica privada – Botucatu (SP), Brasil
3. Setor de Cirurgia da Fundação Alfredo da Matta (FUAM) – Manaus (AM), Brasil

Trabalho submetido em 11.12.2016.
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 24.04.2017.

Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum

Como citar este artigo: Morais PM, Schettini APM, Rocha JA, Silva Júnior RC. Pigmented squamous cell carcinoma: case report and importance of differential diagnosis. An Bras Dermatol. 2018;93(1):101-3.

Correspondência:

Patrícia Motta de Morais
E-mail: pattymmorais@hotmail.com

 

Resumo

Um pequeno número de casos de carcinoma escamocelular pigmentado foi descrito nas mucosas ocular e oral e na pele de idosos. Manifesta-se por lesões pápulo-nodulares, eritematosas ou pigmentadas. Os principais diagnósticos clínicos diferenciais são carcinoma basocelular pigmentado e melanoma. Ao exame histopatológico, caracteriza-se por proliferação de células escamosas atípicas, com formação de pérolas córneas permeadas por melanócitos dendríticos. Por esse motivo, é necessário um diagnóstico criterioso para afastar outros tumores que evidenciam pigmento melânico. A exérese cirúrgica é o tratamento indicado, e o prognóstico é similar ao carcinoma escamocelular clássico. Relata-se um caso, cuja análise histológica e imuno-histoquímica confirmou o diagnóstico de carcinoma escamocelular pigmentado.

Palavras-chave: Carcinoma de células escamosas; Histologia; Melanócitos

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações