Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

2

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

2

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 93 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Dermatoses mais frequentes em ambulatório de patologia vulvar*

Most frequent dermatoses at a vulvar pathology outpatient clinic*


Gabriella Cerazi Sartori1; Rafaela Tricca Wicher2; Flávia Regina Ferreira3,4; Valéria Holmo Batista5

1. Setor de Transporte Inter-hospitalar do Núcleo de Atendimento Unimed Tatuapé – São Paulo (SP), Brasil
2. Graduação em Medicina pela Universidade de Taubaté (UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil
3. Disciplina de Dermatologia do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil
4. Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Taubaté - Universidade de Taubaté (HUT/-UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil
5. Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (UNITAU) – Taubaté (SP), Brasil

Trabalho submetido em 13.12.2016
Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 14.04.2017
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Sartori GC, Wicher RT, Ferreira FR, Batista VH. Most frequent dermatoses at a vulvar pathology outpatient clinic. An Bras Dermatol. 2018;93(2):294-6.

Correspondência:

Flávia Regina Ferreira
E-mail: dermagica@uol.com.br

 

Resumo

A vulva corresponde à genitália externa feminina. Particularidades dessa região favorecem ampla gama de patologias, cujo conhecimento permite melhor manejo clínico, impactando na qualidade de vida, o que objetivou este estudo. Trata-se de estudo transversal e descritivo, realizado em ambulatório de patologia vulvar, entre maio e dezembro/2015. Dados obtidos de formulário padrão, contemplando parâmetros demográficos, relacionados ao hábito e à dermatose vulvar, permitiram identificar o perfil epidemiológico das pacientes portadoras de dermatose vulvar atendidas nesse ambulatório e determinar as dermatoses mais prevalentes nessa população, ora concordando, ora confrontando a literatura, fornecendo dados originais e suscitando estudos futuros.

Palavras-chave: Dermatopatias; Epidemiologia; Vulva; Doenças da Vulva

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações