Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

14

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

14

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 93 Número 3




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Avaliação da presença de alérgenos em produtos infantis vendidos no comércio de uma grande cidade*

Evaluation of the presence of allergens in children’s products available for sale in a big city*


Rosana Lazzarini1; Mariana de Figueiredo Silva Hafner1; Mayara Gomes Rangel2

1. Clínica de Dermatologia, Santa Casa de São Paulo, São Paulo (SP), Brasil
2. Acadêmica de medicina, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), São Paulo (SP), Brasil

Recebido 13 Julho 2017.
Aprovado 30 Agosto 2017.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Lazzarini R, Hafner MFS, Rangel MG. Evaluation of the presence of allergens in children's products available for sale in a big city. An Bras Dermatol. 2018;93(3):457-9.

Correspondência:

Rosana Lazzarini
E-mail: rosana.fototerapia@gmail.com

 

Resumo

Produtos infantis são considerados seguros pela população em geral e pelos médicos. Os rótulos com termos como "hipoalergênico" ou "recomendado e testado dermatologicamente" denotam confiança e credibilidade, transmitindo a ideia de que podem ser utilizados por qualquer indivíduo. Os portadores de dermatite alérgica de contato podem ser sensíveis a alérgenos presentes em qualquer produto, inclusive nos infantis. Em nosso meio, há um desconhecimento sobre os alérgenos nesses produtos. Avaliaram-se 254 produtos infantis, e pelo menos um alérgeno estava presente em 236 (93%) deles. A indicação de um produto tópico deve ser cuidadosa e baseada nos testes de contato.

Palavras-chave: Aditivos em cosméticos; Dermatite alérgica de contato; Dermatite de contato; Haptenos

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações