Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

25

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 94 Número 1




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Carcinoma folicular da tireoide metastático para a pele: uma pequena pápula e grande mudança de diagnóstico*

Follicular thyroid carcinoma metastatic to skin: a small papule and a big diagnostic change*


Marcia Lanzoni Alvarenga Lira1; Mariana Abdo de Almeida2; Michele Maria Reis-Feroldi3; Jeanine Alvarenga Rocha4

1. Departamento de Patologia, Laboratório do Vale, Taubaté (SP), Brasil
2. Acadêmico de Medicina, Universidade de Taubaté, Taubaté (SP), Brasil
3. Departamento de Dermatologia, Unimed, Campos do Jordão(SP), Brasil
4. Departamento de Patologia, Laboratório Bacchi, Botucatu (SP), Brasil

Recebido 15 Março 2018.
Aceito 10 Maio 2018.
Suporte Financeiro: Nenhum
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Lira MLA, Almeida MA, Reis-Feroldi M, Rocha JA. Follicular thyroid carcinoma metastatic to skin: a small papule and a big diagnostic change. An Bras Dermatol. 2019;94(1):76-8.

Correspondência:

Mariana Abdo de Almeida
E-mail: abdomed@bol.com.br

 

Resumo

As metástases cutâneas são incomuns na prática diária, no entanto são muito importantes, uma vez que podem ser a primeira manifestação de neoplasia primária não descoberta ou a primeira indicação de recorrência de neoplasia já tratada. As metástases cutâneas provenientes da mama são as mais frequentes nas mulheres, enquanto as metástases cutâneas de neoplasias pulmonares são as mais frequentes nos homens. O carcinoma da tireoide, apesar de representar a neoplasia endócrina mais frequente, é considerado neoplasia rara, correspondendo a 1% das neoplasias malignas diagnosticadas. As metástases cutâneas do carcinoma folicular da tireoide são raras e, quando ocorrem, acometem principalmente a área de cabeça e pescoço. Relatamos um caso de metástase cutânea em paciente com carcinoma folicular da tireoide e carcinoma mamário. Foi levantada a possibilidade de síndrome de Cowden — síndrome do hamartoma múltiplo —, em razão da associação das duas neoplasias, mas a análise molecular do gene PTEN afastou essa hipótese.

Palavras-chave: Metástase neoplásica; Neoplasias da glândula tireoide; PTEN fosfo-hidrolase; Síndrome do hamartoma múltiplo

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações