Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 94 Número 4




Voltar ao sumário

 

Dermatopatologia

Imunoexpressão de BRAFV600E e KIT em melanoma precoce*

Brafv600e and kit immunoexpression in early-stage melanoma*


Andressa Germano1; Leonardo Cardili2; Fernando Cintra Lopes Carapeto1; Gilles Landman2

1. Programa de Pós-graduação em Patologia, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo (SP), Brasil
2. Departamento de Patologia, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo (SP), Brasil

Recebido 04 Abril 2018
Aceito 27 Junho 2018
Suporte Financeiro: Este projeto foi apoiado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) através de verba de auxílio-pesquisa regular nº 2011/20435-6
Conflito de Interesses: Nenhum
Como citar este artigo: Germano A, Cardili L, Carapeto FCL, Landman G. BRAFV600E and KIT immunoexpression in early-stage melanoma. An Bras Dermatol. 2019;94(4):458-60.

Correspondência:

Leonardo Cardili
E-mail: leonardo.cardili@gmail.com

 

Resumo

O melanoma é amplamente conhecido como a mais letal neoplasia cutânea. A mortalidade relacionada ao tumor pode ser significativamente reduzida se o diagnóstico e o tratamento forem realizados adequadamente durante a fase inicial da doença. Atualmente, a busca de biomarcadores em melanomas precoces é um desafio prioritário para médicos e pesquisadores. Nosso objetivo foi avaliar a imunoexpressão de BRAFV600E e KIT em uma série de casos composta por 44 melanomas em estágio inicial. Amostras fixadas em formalina e emblocadas em parafina foram sistematicamente avaliadas usando-se um método semiquantitativo baseado em escores de porcentagem e intensidade para as células tumorais imunomarcadas. Observamos concordância significativa entre a imunoexpressão de BRAFV600E e KIT em melanoma invasivo fino. Nossos resultados corroboram evidências anteriores que mostraram expressão anormal de proteínas associadas à via MAPK de sinalização intracelular em melanoma em fase inicial.

Palavras-chave: Biomarcadores farmacológicos; Diagnóstico precoce; Melanoma

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações