Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Corticosteróides sistêmicos na prática dermatológica. Parte I – Principais efeitos adversos

Systemic corticosteroids in dermatological practice. Part I – Main adverse effects


THAIS HELENA PROENÇA DE FREITAS1, DANIELLA ABBRUZZINI FERREIRA DE SOUZA2

1Mestre em Dermatologia pela UNIFESP - São Paulo (SP), Brasil. Chefe do Serviço de Dermatologia do Departamento de Clínica Médica Hospital Central da Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
2Médica Dermatologista da Clínica de Dermatologia do Hospital Central da Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.

Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 19.01.2007. Trabalho realizado na Clínica de Dermatologia do Hospital Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum. _Como citar este artigo:_ Proença de Freitas TH, Souza DAF. Corticosteróides sistêmicos na prática dermatológica. Parte I – Principais efeitos adversos. An Bras Dermatol. 2007;82(1):63-70.

Correspondência:
Thais Helena Proença de Freitas Rua dos Morás, 782, ap. 62 – Vila Madalena 05434 020 São Paulo SP Telefone/Fax: (11) 3032-4633 "E-mail":thais_proenca@hotmail.com

 

Resumo

Há quase 60 anos os corticosteróides sistêmicos têm sido amplamente utilizados na área de dermatologia, trazendo benefícios para muitas doenças em decorrência de suas ações antiinflamatórias e imunossupressoras. O desafio de seu uso consiste em contrabalançar os efeitos benéficos e as atividades farmacológicas indesejáveis. Infelizmente, os avanços no conhecimento sobre os mecanismos de ação dos corticosteróides não resultaram no desenvolvimento de regimes com mínima toxicidade. Dessa maneira, este artigo de revisão discorre sobre os aspectos farmacológicos dos corticosteróides sistêmicos, bem como suas principais indicações de uso e efeitos colaterais da administração em altas doses e/ou por longos períodos de tempo.

Palavras-chave: GLUCOCORTICÓIDES/EFEITOS ADVERSOS, DIABETES MELLITUS, ESTRONGILOIDÍASE, GLUCOCORTICÓIDES, HIPERTENSÃO, INSUFICIÊNCIA ADRENAL, OSTEONECROSE, OSTEOPOROSE, TUBERCULOSE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações