Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 2




Voltar ao sumário

 

Educação médica continuada

Tratamento da Leishmaniose Tegumentar Americana

Treatment of American cutaneous leishmaniasis


EDSON BORGES DE LIMA1, CLAUDIA PORTO2, JORGETH DE OLIVEIRA CARNEIRO DA MOTTA3, RAIMUNDA NONATA RIBEIRO SAMPAIO4

1Médico dermatologista, ex-residente do Hospital Universitário de Brasília (HUB) - Universidade de Brasília (UnB) - Brasília, (DF), Brasil.
2Médica clínica e dermatologista, mestre pela Universidade de Brasília (UnB), preceptora da Residência de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB)- Universidade de Brasília (UnB) - Brasília, (DF), Brasil.
3Médica dermatologista, mestre pela Universidade de Brasília (UnB), preceptora da Residência de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB) - Universidade de Brasília (UnB) - Brasília, (DF), Brasil.
4Professora-associada da Universidade de Brasília (UnB), chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB) – Universidade de Brasília (UnB) - Brasília, (DF), Brasil.

Trabalho realizado no Laboratório de Dermatomicologia e Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB) – Universidade de Brasília (UnB), Brasília, DF, Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum _Como citar este artigo:_ Lima EB, Porto C, Motta JCO, Sampaio RNR. Tratamento da leishmaniose tegumentar americana. An Bras Dermatol.2007;82(2):

Correspondência:
Raimunda N. R. Sampaio SHIS QI 25, conjunto 02, casa 01 - Lago Sul, 71 660 220 Brasília DF Brasil. Tel: +55 61 33671331; Fax: +55 61 33673825; "E-mail":rsampaio@unb.br

 

Resumo

A leishmaniose tegumentar americana é doença infecciosa da pele e mucosa, cujo agente etiológico é um protozoário do gênero Leishmania. Seu tratamento é desafio porque as drogas disponíveis apresentam elevada toxicidade, e nenhuma delas é bastante eficaz. A recidiva, a falha terapêutica em pacientes imunodeprimidos e a resistência ao tratamento são fatores que motivam a busca de uma droga ideal.

Palavras-chave: LEISHMANIOSE CUTÂNEA/TERAPIA, LEISHMANIOSE CUTÂNEA/DIAGNÓSTICO, ANTIMÔNIO, LEISHMANIOSE CUTÂNEA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações