Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Freqüência de onicomicoses por leveduras em Maringá, Paraná, Brasil

Frequency of onychomycoses caused by yeasts in Maringa, Parana, Brazil


ELIANE ALVES DE FREITAS SOUZA1, LÍVIA MARIA MARTINS DE ALMEIDA2, ELIANA GUILHERMETTI3, VALDECI APARECIDO MOTA4, ROBSON MARCELO ROSSI5, TEREZINHA INEZ ESTIVALET SVIDZINSKI6

1Acadêmica do curso de Medicina, Maringá, Paraná (PR), Brasil.
2Acadêmica do curso de Medicina Maringá, Paraná (PR), Brasil.
3Farmacêutica bioquímica, Mestre em Análises Clínicas, responsável pelo Setor de Micologia Médica do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas, Maringá, Paraná (PR), Brasil.
4Técnico de laboratório do Setor de Micologia Médica, Maringá, Paraná (PR), Brasil.
5Professor Adjunto da Disciplina de Bioestatística, Maringá, Paraná (PR), Brasil.
6Professor Adjunto da Disciplina de Micologia Médica, Maringá, Paraná (PR), Brasil.

Recebido em 16.06.2006. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 22.02.2007. * Trabalho realizado no Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas – Universidade Estadual de Maringá – Maringá - PR, Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum. _Como citar este artigo:_ Souza EAF, Almeida LMM, Guilhermetti E, Mota VA, Rossi RM, Svidzinski TIE. Freqüência de onicomicoses por leveduras em Maringá, Paraná, Brasil. An Bras Dermatol. 2007;82(2):151-6.

Correspondência:
Terezinha Inez Estivalet Svidzinski. Av Colombo, 5790, Bloco J90 sala 11 Departamento de Análises Clínicas – Universidade Estadual de Maringá, Zona Sete 87020-900 Maringá – PR. "E-mail":tiesvidzinski@uem.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS - Onicomicoses são afecções ungueais de origem infecciosa causadas por fungos e estão entre as principais onicopatias em todo o mundo. OBJETIVOS - Determinar a freqüência de leveduras como agentes etiológicos de onicomicoses na cidade de Maringá, PR, Brasil. MATERIAL E MÉTODOS - Realizou-se um estudo retrospectivo do período entre janeiro de 1997 e dezembro de 2004, em que foram avaliados os resultados de 1.295 pacientes com suspeita de onicomicose, recebidos no Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas da Universidade Estadual de Maringá, Paraná, Brasil. RESULTADOS - A confirmação micológica de onicomicose ocorreu em 761 (58,76%) desses pacientes. As mulheres foram responsáveis por 71% das onicomicoses, e os homens, por 29%. A prevalência nas unhas das mãos foi de 28,67% e nas unhas dos pés, 71,33%. Em relação aos agentes, as leveduras foram mais freqüentemente isoladas (46,39%), seguidas pelos dermatófitos (40,60%) e pelos fungos filamentosos não dermatófitos (13,01%). CONCLUSÃO - A alta freqüência de fungos leveduriformes em onicomicoses indica aprimoramento nas técnicas diagnósticas de confirmação laboratorial de fungos oportunistas. Esses resultados, associados à abordagem clínica do paciente, possibilitam maior segurança no diagnóstico e tratamento.

Palavras-chave: CANDIDA, DOENÇAS DA UNHA, ESTUDOS TRANSVERSAIS, LEVEDURAS, MICOSES, ONICOMICOSE, PREVALÊNCIA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações