Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Sorologia para sífilis: os médicos estão capacitados a interpretá-la?

Syphilis serology: are physicians capacitated to interpret it?


AMILTON DOS SANTOS JÚNIOR1, MARIA DA GRAÇA GARCIA ANDRADE2, RENATA FERREIRA MAGALHÃES3, APARECIDA MACHADO DE MORAES4, PAULO EDUARDO NEVES FERREIRA VELHO4

1Acadêmico de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) / Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Bolsista PIBIC / CNPq - Campinas (SP) Brasil.
2Docente do Departamento de Medicina Preventiva e Social - Faculdade de Ciências Médicas(FCM), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Campinas (SP), Brasil.
3Médica Assistente da Disciplina de Dermatologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Campinas (SP), Brasil.
4Docente da Disciplina de Dermatologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Campinas (SP), Brasil.

Recebido em 04.11.2005. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 25.03.2007. * Trabalho realizado em Unidades Básicas de Saúde de Campinas e na Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Campinas (SP), Brasil. *Suporte financeiro: PIBIC / CNPq Conflito de interesse declarado: Nenhum. _Como citar este artigo:_ Santos Júnior A, Andrade MGG, Magalhães RF, Moraes AM, Velho PENF. Sorologia para sífilis: os médicos estão capacitados a interpretá-la? An Bras Dermatol. 2007;82(2):183-5.

Correspondência:
Dr Paulo Velho Departamento de Clínica Médica, FCM /Unicamp – Cidade Universitária Zeferino Vaz, s/n, 13.081-970, Campinas, SP, Brasil Fone / Fax: 55-19-3289-4107 "E-mail":pvelho@unicamp.br

 

Resumo

O ensino da dermatologia é pouco valorizado no currículo médico, e as doenças sexualmente transmissíveis, em geral, são apresentadas de forma não sistematizada. Em estudo sobre o ensino da dermatologia, de 83 médicos que participaram do projeto apenas 10 acertaram uma questão sobre sorologia de lues. Mais pesquisas sobre o ensino das doenças sexualmente transmissíveis são necessárias no Brasil, e os dermatologistas devem aproveitar a oportunidade, trazida pelas reformas curriculares, para reassumir a responsabilidade do ensino dessas doenças.

Palavras-chave: DERMATOLOGIA, DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS, ENSINO, ERITEMA MULTIFORME, SÍFILIS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações