Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 77 Número 1




Voltar ao sumário

 

Educação médica continuada

Associação do líquen plano oral com a hepatite C: uma revisão da literatura

The association of oral lichen planus and hepatitis C: a review of the literature


KARIN SOARES GONÇALVES CUNHA1, SANDRA REGINA TORRES2, ABEL SILVEIRA CARDOSO3, ANGELA CORRÊA MANSO4

1Especialista em estomatologia pela UFRJ & Mestranda em patologia bucodental na UFF.
2Professora Assistente do Departamento de Patologia e Diagnóstico Oral da UFRJ, Especialista em estomatologia pela UFRJ, Mestre em patologia bucal pela UFRJ & Doutoranda em microbiologia na UFRJ
3Professor Titular do Departamento de Patologia e Diagnóstico Oral da UFRJ & Master of Science in Dentistry em Diagnóstico e Medicina Oral pela Indiana University
4Especialista em estomatologia pela UFRJ

Recebido em 26.01.1999. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 21.08.1999. * Trabalho realizado no Serviço de Anatomia Patológica e Serviço de Dermatopediatria, Hospital de Clínicas de Curitiba - PR.

Correspondência:
Karin Soares Gonçalves Cunha Rua Buarque de Macedo, 51/202. Flamengo - Rio de Janeiro -RJ - CEP: 22220-030 "E-mail":karingoncalves@zipmail.com.br

 

Resumo

Muitos estudos têm mostrado uma associação do líquen plano oral (LPO) com a hepatite C. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão da literatura sobre esse assunto. Existe forte correlação entre o LPO, principalmente em sua forma erosiva, e a hepatite C em certas regiões da Europa e particularmente no Japão. Não existe ainda nenhuma explicação concreta para a ocorrência concomitante de LPO e hepatite C, no entanto, parece ser real e não apenas uma coincidência a associação destas duas doenças, apesar de alguns estudos não terem verificado tal relação. A razão para essa discrepância de resultados ainda é obscura. Estudos epidemiológicos futuros, envolvendo diferentes grupos populacionais, são necessários para esclarecer tal associação. Devido à quantidade reduzida de estudos nacionais, investigações com pacientes brasileiros são importantes para verificar se existe associação do LPO com a hepatite C no Brasil. Embora os dados atuais não justifiquem o rastreamento sistemático de hepatite C em pacientes portadores de LPO, é importante ter o conhecimento de uma possível associação.

Palavras-chave: LÍQUEN PLANO. LÍQUEN PLANO BUCAL. HEPATITE. HEPATITE C.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações