Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 74 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Estudo comparativo entre furoato de mometasona a 0,1% e hidrocortisona a 1% nas dermatoses corticossensíveis em crianças

Comparative efficacy and tolerability between 0,1% mometasone furoate cream and 1% hydrocortisone cream for corticoid sensitive treatment in pediatry


FAUSTO JOÃO FORIN ALONSO1, ADRIANA PESSOA MENDES ERIS2

1Professor Adjunto. Doutor de Dermatologia
2Residente

_Recebido em 14.8.98._ _Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 10.8.99._ *Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo - FCMSC-SP.

Correspondência:
Vanessa Nappo Rua Alexandre Dumas, 2220/7ºandar São Paulo SP 04717-004 Fax: (11) 5181-2769

 

Resumo

FUNDAMENTOS - A corticoterapia tópica está indicada no tratamento de lesões eczematosas, como dermatite atópica e dermatite de contato, e de lesões eritêmato-escamosas, como a psoríase e a dermatite seborréica. A busca de alternativas mais eficazes e mais bem toleradas é plenamente justificável. OBJETIVOS - Comparar a eficácia e a tolerabilidade de um corticosteróide tópico de média potência - o creme de furoato de mometasona a 0,1%, aplicado uma vez ao dia - em relação a um de baixa potência, o creme de hidrocortisona a 1%, aplicado duas vezes ao dia. MÉTODOS - O estudo clínico incluiu 48 pacientes, de ambos os sexos, com idade entre dois e 14 anos, portadores de dermatoses corticossensíveis, em bom estado geral. O estudo foi aberto, randomizado e prospectivo, com duração de 21 dias. RESULTADOS - O creme de furoato de mometasona foi mais eficaz do que o creme de hidrocortisona na indicação proposta (x = 5,48; p < 0,01). Não houve diferença estatisticamente significativamente entre os dois fármacos quanto à tolerabilidade. CONCLUSÃO - A mometasona tópica, sob a forma de creme a 0,1%, em aplicação única diária, mostrou-se estatisticamente superior à hidrocortisona, sob a forma de creme a 1%, aplicada duas vezes ao dia, em termos de eficácia, sendo estatisticamente equivalente à droga de comparação, no que se refere à tolerabilidade.

Palavras-chave: ESTUDO COMPARATIVO, FUROATO DE MOMETASONA, DERMATITE, HIDROCORTISONA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações