Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Ginecomastia induzida por anti-histamínicos no tratamento da urticária crônica

Antihistaminic-induced gynecomastia in chronic urticaria treatment


ANA PAULA FUSEL DE UE1, JULIANA KIDA IKINO2, WELLINGTON DE JESUS FURLANI3, PATRICIA KARLA DE SOUZA4, OSMAR ROTTA5

1Médica dermatologista do Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Escola Paulista de Medicina - São Paulo (SP), Brasil.
2Médica dermatologista - São Paulo (SP), Brasil.
3Médico dermatologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Escola Paulista de Medicina/Núcleo de Assistência à Saúde dos Funcionários (Nasf) - São Paulo (SP), Brasil.
4Médica dermatologista do Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Escola Paulista de Medicina. Coordenadora do Ambulatório de Urticária. São Paulo (SP), Brasil.
5Professor adjunto da disciplina de Dermatologia Geral, orientador do grupo de urticária e chefe do Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Escola Paulista de Medicina - São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 04.11.2005. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.05.2007. * Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Escola Paulista de Medicina - São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum Como citar este artigo: Ue APF, Ikino JK, Furlani WJ, Souza PK, Rotta O. Ginecomastia induzida por anti-histamínicos no tratamento da urticária crônica. An Bras Dermatol. 2007;82(3):253-6.

Correspondência:
Ana Paula Fusel de Ue Av. Ana Costa 311, cj 72 - Gonzaga 11060 001 - Santos - SP Tel/Fax: (13) 3222-43-96 "E-mail":anapaulaue@hotmail.com "E-mail":anapaulaue@uol.com.br

 

Resumo

Os anti-histamínicos são drogas muito usadas na prática do dermatologista, sendo a primeira escolha no tratamento da urticária crônica. Os efeitos colaterais mais comuns são os relacionados ao sistema nervoso central. A ginecomastia é decorrente de várias causas, entre elas a indução por drogas. Apresenta-se caso de ginecomastia induzida por anti-histamínico H1, em paciente em tratamento de urticária crônica. A investigação laboratorial e radiológica descartou outras causas para a ginecomastia, que involuiu com a retirada da medicação. Objetiva-se discutir os efeitos colaterais dos anti-histamínicos e apresentar caso de ginecomastia induzida por drogas.

Palavras-chave: ANTAGONISTAS DE HISTAMINA, GINECOMASTIA, URTICÁRIA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações