Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

13

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

13

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 71 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Epidermólise bolhosa letal: septicemia fúngica como provável causa mortis

Epidermolysis bullosa letalis:fungal septicemia as probable causa mortis


HIRAM LARANGEIRA DE ALMEIDA JR.1, FLÁVIO MENEZES2, ROSÁLIA A. YUK3, FLÁVIO S. CHIUCHETTA3, MÁRCIO C. A. MEIRELES4

1Professor Adjunto de Dermatologia
2Professor Adjunto de Patologia
3Médico UTI Pediátrica. Hospital Universitário da Universidade Católica de Pelotas
4Professor Adjunto de Doenças Infecciosas

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 20.3.96._ *Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de Pelotas.*

Correspondência:
Hiram Larangeira de Almeida Jr. Rua 15 de Novembro, 1047/405 Pelotas RS 96015-000

 

Resumo

A epidermólise bolhosa letal tem prognóstico ruim em função de complicações infecciosas devidas aos extensos defeitos cutâneos. Descreve-se o caso de uma recém-nascida que apresentou bolhas logo após o parto. Nos últimos dias de vida, apareceram áreas necróticas no tronco e braço direito. A histologia mostrou bolha dermoepidérmica, em cujo assoalho permaneceu a membrana basal visualizada pela coloração com PAS. Hifas hialinas septadas foram encontradas dentro de algumas bolhas, na derme e hipoderme, e em alguns vasos trombosados. A provável _causa mortis_ foi septicemia fúngica, no caso, hialo-hifomicose. Deve-se levar em conta a possibilidade de complicações fúngicas na epidermólise bolhosa letal.

Palavras-chave: EPIDERMÓLISE BOLHOSA JUNCIONAL

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações