Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 79 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Rejuvenescimento da pele por peeling químico: enfoque no peeling de fenol

Facial skin rejuvenation by chemical peeling: focus on phenol peeling


MARIA VALÉRIA ROBLES VELASCO1, MARIA ELIZETTE RIBEIRO1, VALCINIR BEDIN2, FERNANDA RUMI OKUBO3, DENISE STEINER4

1Profa. Dra. da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo
2Diretor da Sociedade Brasileira de Medicina Estética; diretor da Clínica Stöckli, São Paulo
3Acadêmica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Bioquímica Oswaldo Cruz, São Paulo
4Profa. Adjunta da Faculdade de Medicina de Jundiaí; diretora da Clínica Stöckli, São Paulo

Recebido em 06.09.2001 Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 24.01.2003

Correspondência:
Maria Valéria Robles Velasco de Paola R. Estela, 287 apto 133 - Paraíso São Paulo SP 04011-001 Tel/Fax: (11) 3091-3623 / 3815-4418 "E-mail":mvrobles@usp.br

 

Resumo

O envelhecimento da pele é um processo que preocupa muitos indivíduos, que buscam a ajuda especializada do médico para minimizar seus sinais. Um dos recursos para melhorar a qualidade da pele são os peelings químicos, utilizando várias substâncias ativas, como ácido glicólico, retinóico, tricloroacético e o fenol, entre outros, que proporcionam a esfoliação cutânea e posterior renovação celular. Dependendo da concentração e do valor de pH em que são empregados nas formulações, desencadeiam o peeling superficial, médio e profundo. O fenol tem sido utilizado como peeling profundo tanto isoladamente como em associação com outros componentes da fórmula que atuam como promotores de penetração e permeação. A utilização desses produtos resulta no processo de renovação celular intenso, normalizando a pigmentação da pele, atenuando marcas e minimizando as rugas. Devido a sua toxicidade e contra-indicações, o fenol deve ser aplicado cuidadosamente segundo a técnica recomendada, e o paciente deve ser monitorado para se obter a máxima eficácia do peeling e também minimizar os efeitos sistêmicos.

Palavras-chave: ABRASÃO QUÍMICA, ENVELHECIMENTO DA PELE, FENOL

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações