Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 71 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Melanoma: estudo retrospectivo de 47 casos

Melanoma: retrospective study of a 47 cases


NURIMAR CONCEIÇÃO FERNANDES1, ISABEL CRISTINA LOPES2, JUAN MANUEL PIÑEIRO MACEIRA3, MAURÍCIO PEREZ4

1Professor Adjunto. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina - UFRJ.
2Residente em Dermatologia - HUCFF.
3Professor Adjunto. Departamento de Patologia. Faculdade de Medicina - UFRJ.
4Núcleo de Estudo de Saúde Coletiva - NESC; Faculdade de Medicina - UFRJ.

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 02.5.96._ *Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia. Hosiptal Universitário Clementino Fraga Filho - HUCFF/UFRJ.*

Correspondência:
Nurimar C. Fernandes Rua Alexandre de Gusmão, 28/201 Rio de Janeiro RJ 20520-120

 

Resumo

FUNDAMENTOS - Melanoma é uma neoploasia maligna nos melanócitos, sélulas localizadas na camada basal da epiderme dos anexos cutâneos, meninges e retina. OBJETIVO - Correlacionar os dados clínicos epidemiológico observados e os referidos na literatura. MÉTODOS - Foi realizado estudo retrospectivo de 47 casos de melanoma cutâneo registrados no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ, no período de 1978 a 1993, com análise das variáveis idade, sexo, cor, fatores de risco, topografia e tipo clínico. RESULTADOS E CONCLUSÕES - Foi observada maior freqüência em mulheres leucodemas adultas, a partir da quinta década de vida. As localizações mais comuns são o tronco e os membros inferiores. Não houve predomínio de tipo clínico. A relação entre melanoma lentiginoso de extremidades e indivíduos melanodermos fornecera dados significativos (p = 0,002). Em 11% dos casos, esses tumores foram precedidos por lesões sugestivas de nevos melanócitos.

Palavras-chave: NEOPLASIAS CUTÂNEAS., MELANOMA, NEOPLASIAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações