Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 69 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Variação da concentração da hemoglobina em doentes de hanseníase tratados com sulfona

Variation in hemoglobin concentration in leprosy patients treated with sulfone


SORAYA NEVES MARQUES BARBOSA DOS SANTOS1, MARCELO GROSSI ARAÚJO2, ORCANDA ANDRADE PATRUS3, DANIELLE SAMAHA4

1Professor Auxiliar substituto de Dermatologia
2Professor Assistente de Dermatologia
3Professor Titular de Dermatologia
4Acadêmica de Medicina

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.5.94._ *Trabalho realizado no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG.*

Correspondência:
Soraya N. M. B. dos Santos Rua Domingos Vieira, 273 conj.909-10 Belo Horizonte MG 30150-240

 

Resumo

FUNDAMENTOS - A hemólise tem sido freqüentemente citada como causa da anemia associada ao uso de sulfona. Esse efeito, observado em doses elevadas, também já foi descrito ocorrendo durante o tratamento de doentes com hanseníase. OBJETIVO- Estudar a variação da hemoglobina, ocasionada pelo uso da sulfona em doses utilizadas na terapêutica para a hanseníase. MÉTODO - Selecionou-se 104 pacientes de hanseníase, analisando estatisticamente 33 indivíduos que estavam fazendo uso de sulfona. RESULTADOS - A análise estatística realizada não demonstrou correlação entre a variação de hemoglobina e as variáveis: valor inicial de hemoglobina, idade, e intervalo entre as dosagens e peso, no sexo masculino. Ao se analisar o peso, no sexo feminino, observou-se correlação moderada (coeficiente de correlação de Pearson = 0,5). Ao se estudar os índices de variação da hemoglobina, observou-se que em 84,84% dos pacientes ocorria um decréscimo de pelo menos lg/dl. CONCLUSÃO - Este achado está de acordo com o que foi descrito na literatura. O resultado encontrado, onde fatores como a desnutrição, parasitismo, doenças carências ocorrem, fundamenta a conduta de cautela e rigor no acompanhamento clínico e hematológico de pacientes em uso de sulfona.

Palavras-chave: HEMOLISE, DAPSONA, HANSENÍASE, HEMOGLOBINAS, SULFONAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações