Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 69 Número 6




Voltar ao sumário

 

Investigação

Avaliação clínica de uma linha de produtos indicados para controle da acne em adolescentes

Clinical evaluation of a line of products for the control fo acne in teenagers


HUMBERTO ANTÔNIO PONZIO1, RUTH TERESA BIER2, MÁRCIA PACZKO BOZKO2

1Professor Adjunto da FAMED-UFRGS, Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Porto Alegre, RS
2Estagiária do Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Porto Alegre, RS.

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.11.94._ *Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Porto Alegre e Faculdade de Medicina - UFRGS. Patrocínio da Johnson & Johnson.

Correspondência:
Humberto Antônio Ponzio Rua Mariante, 239/303 Porto Alegre RS 90430-181

 

Resumo

FUNDAMENTOS - A alta prevalência das formas iniciais da acne juvenil e a grave evolução que delas pode ocorrer, impõem a necessidade de controlá-las, de forma prática e eftiva. OBJETIVO - Comprovar a efetividade de uma linha de produtos de uso popular, à base de triclosan e ácido salicílico (Sistema Clean & Clear - Johnson & Johnson), no controle da acne juvenil. MÉTODOS - Em um ensaio clínico randomizado, setenta voluntários, de idades entre 12 e 17 anos, portadores de formas iniciais de acne, foram aleatoriamente divididos em três grupos: dois de vinte e um de trinta indivíduos. A cada grupo foi entregue um _kit_, composto de um detergente facial (em espuma ou barra), uma loção tônica e uma loção hidratante; o grupo 3 utilizou, também, um gel secativo. o período de tratamento, em cada grupo, foi de trinta dias. Na primeira fase do estudo, os grupos 1 e 2 foram tratados por trinta dias, enquanto o 3 foi controle e iniciou o tratamento trinta dias após. As lesões acneicas foram quantificadas antes e após o tratamento, e a seborréia facial classificada em nula, moderada ou intensa. RESULTADOS - Foram considerados apenas os casos em que a aderência foi igual ou maior que 50%. A seborréia facial foi abolida em 45,95% dos casos e em 4% dos controles. As lesões não-inflamatórias foram, significativamente, reduzidas (p<0,05) nos casos, em comparação aos controles e pré e pós-tratamento. Quanto às lesões inflamatórias, observou-se diminuição na soma dos três grupos tratados, quando comparados ao estado basal, porém esse comportamento não diferiu dos controles. CONCLUSÃO - Tratando-se de um estudo de efetividade, conclui-se que essa linha de produtos mostrou-se efetiva para o controle da seborréia e das lesões não-inflamatórias da acne em adolescentes.

Palavras-chave: ACNE, ÁCIDOS SALICILICOS, TRICLOSAN

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações