Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 70 Número 1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Doença de Milroy-Meige-Nonne

Doença de Milroy-Meige-Nonne


OMAR LUPI DA ROSA SANTOS1, LUCIANA DE ARAUJO SOUTO2, PABLO ALBERTO LORENTE PAZ1, MÔNICA MANELA AZULAY3, DAVID RUBEM AZULAY4

1Mestrandos em Dermatologia, Faculdade de Medicina
2Médica, Serviço de Dermatologia, HUCFF
3Professora Assistente em Dermatologia, UFRJ e FTESM
4Professor Assistente em Dermatologia, UFRJ e FTESM; Chefe do Setor de Dermatopatologia, PSM/SCMRJ

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.12.94._ *Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Correspondência:
Omar Lupi da Rosa Santos Rua Botucatu, 71 Rio de Janeiro RJ 20541-340

 

Resumo

A doença de Milroy-Meige-Nonne é uma forma primária de edema linfático, geralmente localizada nos membros inferiores e bilateral. A moléstia é causada pela drenagem linfática inadequada, devido ao desenvolvimento anormal dos vasos linfáticos. Trata-se de condição hereditária com transmissão autossômica dominante. O caso apresentado é de linfedema congênito localizado no membro inferior esquerdo. Seis outros familiares da paciente em estudo também apresentaram linfedema congênito.

Palavras-chave: DOENÇA DE MILROY, LINFEDEMA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações