Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 70 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Melanose neurocutânea com malignização para sarcoma neurogênico – schwannoma maligno

Neurocutaneous melanosis with malignization into a neurogenic sarcoma - malignant schwannoma


BERNARDO GONTIJO1, LUCIANA BAPTISTA PEREIRA2, MIRIAM N. SOTO3

1Professor Adjunto de Dermatologia; docente responsável pelo Ambulatório de Dermatologia Pediátrica
2Professora Auxiliar de Ensino de Dermatologia; docente do Ambulatório de Dermatologia Pediátrica
3Professora Assistente-Doutora, Departamento de Dermatologia, Faculdade de Medicina - USP

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 10.02.95._ *Trabalho realizado no Ambulatório de Dermatologia Pediátrica, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG.*

Correspondência:
Bernardo Gontijo Rua Domingos Vieira, 300/505 Belo Horizonte MG 30150-240

 

Resumo

A melanose neurocutânea (MNC) é uma síndrome congênita rara, não familiar, caracterizada por nevos pigmentados gigantes ou múltiplos e melanose do sistema nervoso central (SNC). Os autores descrevem um caso de MNC onde, além da presença dos nevos melanocíticos gigantes e múltiplos e melanose do SNC, houve malignização do componente cutâneo para schwannoma maligno com metástases pulmonares e hepáticas.

Palavras-chave: SCHWANNOMA, MELANOSE, NEURILEMOMA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações