Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 51 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Granulomatose disciforme crônica e progressiva de Miescher & Leder


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1, JOSÉ MARCOS PEREIRA2, HELENA MÜLLER3

1Professor-Pleno de Dermatologia.
2Residente de Dermatologia.
3Professor-Associado de Anatomia Patológica.

*Trabalho da Disciplina de Dermatologia e do Departamento de Anatomia Patológica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.*

Correspondência:
Nelson Guimarães Proença Rua Dr. César, 62 - 2.° andar CEP 02013 - São Paulo – SP

 

Resumo

Foi observada uma doente do sexo feminino, branca, com 57 anos de idade, que apresentava um quadro clínico idêntico ao descrito corno “granulomatose disciforme crônica e progressiva”, de Miescher & Leder (GDCP). Foram discutidas as relações entre a “necrobiose lipoidica diabeticorum” (NLD) e a GDCP. É posta em destaque a tendência atual de se aceitar a GDCP como uma variedade granulomatosa da NLD. Geralmente, mas não sempre, a variedade granulomatosa ocorreria em não diabéticos. Ao comentar o caso aqui descrito, foram salientados três interessantes aspectos, a saber: o acometimento do couro cabeludo, o aspecto esclerodermiforme das lesões e a estrutura granulomatosa sarcoídica encontrada na histopatologia.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações