Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

26

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

26

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Avaliação do envelhecimento facial relacionado ao tabagismo

Evaluation of facial aging related to cigarette smoking


LETICIA YUMI SUEHARA1, KARINE SIMONE POLÔNIO1, MARCUS ANTONIO MAIA DE OLIVAS FERREIRA2

1Médica em especialização pela Clínica de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
2Chefe de Clínica Adjunto da Clínica de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 03.06.2005. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 16.01.2006. Trabalho realizado pela Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum _Como citar este artigo:_ Suehara LY, Simone K, Maia M. Avaliação do envelhecimento facial relacionado ao tabagismo. An Bras Dermatol. 2006;81(1):34-9.

Correspondência:
Letícia Yumi Suehara Av. Lins de Vasconcelos, 3111 - apto. 44B Vila Mariana 04112-012 - São Paulo - SP "E-mail":lsuehara@ig.com.br

 

Resumo

*Fundamentos:* O tabagismo é responsável por diversas doenças crônicas e pelo envelhecimento da pele. *Objetivo:* Comparar a pele facial de fumantes e não fumantes. *Métodos:* Foram avaliados 77 pacientes, 43 não tabagistas e 34 tabagistas, entre 40 e 60 anos, excluídos aqueles com exposição solar excessiva, etilistas e submetidos a tratamento estético da face. As alterações faciais foram avaliadas com base em escore de características da pele da face descrita por Model (fácies de tabagismo). Os indivíduos tabagistas e não tabagistas foram avaliados de acordo com o tempo e a quantidade de cigarros fumados, o sexo, a cor da pele e a idade. *Resultados:* A comparação quanto ao escore da fácies de tabagismo evidenciou que o grupo tabagista apresentou maior escore que o grupo não tabagista (p=0,021). Foram observadas diferenças significativas de escore na comparação entre as faixas etárias (p=0,004) e a cor (p <0,01). Em relação à quantidade de cigarros fumados e o tempo desse hábito de acordo com sexo não houve diferenças de escore. A análise multivariada das variáveis, evidenciou que o tabagismo, Odds Ratio (OR) = 3,49, a cor da pele (OR=8,10) e a idade (OR=1,21) são fatores independentes para o envelhecimento facial. *Conclusão:* O tabagismo é fator de risco independente para o envelhecimento cutâneo. Esse achado confirma os efeitos cutâneos nocivos do cigarro, constituindo-se em mais um argumento na luta contra o tabagismo.

Palavras-chave: TOBACCO, FUMO, ENVELHECIMENTO DA PELE, FACE, TABAGISMO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações