Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 53 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Perfuração do septo nasal em leishamaniose “cutis difusa”


S THONON

Correspondência:
Jacqueline A. Menezes Rua Costa Ferraz, 46 Rio Comprido - 20251 – Rio de Janeiro

 

Resumo

Um paciente com leishmaniose cutânea difusa apresentou, ao cabo de 8 anos de evolução, perfuração do septo nasal. A histologia da lesão mucosa foi semelhante à das lesões cutâneas. Discutimos a raridade de tais lesões mucosas na forma difusa em vista (1) da patogenia das lesões destrutivas das formas habituais do leishmaniose tegumentar - hipersensibilidade e formação de granuloma, ausente na forma difusa, e (2) da pouca penetração das leishmanias em tecidos de temperaturas mais altas devido a sua temo-sensibilidade.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações