Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 54 Número 2




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Ensaio terapêutico com o sulfeto de selênio (ses) a 2,5% na escabiose


NEY ROMITI1, JOSÉ ROBERTO PAES DE ALMEIDA2, SANDRA LOPES MATTOS E DINATO2

1Professor Titular Pleno da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas de Santos - SP
2Professor Assistente da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas de Santos - SP

Trabalho relatado no XXXIV Congresso Brasileiro de Dermatologia, realizado em Fortaleza-Ceará, em 1977.

Correspondência:
Ney Romiti Avenida Conselheiro Nébias, 730 - cj. 51 CEP 11.100 - Santos - SP

 

Resumo

A ação do sulfeto de selênio (SeS) a 2,5% na escabiose foi estudada, sendo verificada a sua grande eficácia no tratamento desta zoonose. Ressaltou-se a ausência dos inconvenientes tão freqüentes nos outros escabicidas usados em nosso meio, ao mesmo tempo que são sublinhadas as vantagens apresentadas pelo SeS, entre as quais se destacam: baixa concentração da medicação, possível graças ao sinergismo de ação de seus componentes; simplicidade do tratamento e ausência de efeitos co¬laterais. O tratamento é efetuado durante o banho onde o medicamento é usado em substituição ao sabonete, durante 4 dias seguidos. Concluem afirmando que o SeS a 2,5% deve ser incluído como mais uma opção para o tratamento da escabiose.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações