Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Avaliação da circulação arterial pela medida do índice tornozelo/braço em doentes de úlcera venosa crônica

Evaluation of arterial circulation using the ankle/brachial blood pressure index in patients with chronic venous ulcers


FABIANE NORONHA BERGONSE1, EVANDRO ARARIGBOIA RIVITTI2

1Mestre em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP - São Paulo (SP), Brasil. Especialista em Dermatologia pela SBD
2Professor Titular do Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP - São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 01.07.2005. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 13.03.2006. Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP - São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum _Como citar este artigo:_ Bergonse FN, Rivitti EA. Avaliação da circulação arterial pela medida do índice tornozelo/braço em doentes de úlcera venosa crônica. An Bras Dermatol. 2006;81(2):131-5.

Correspondência:
Fabiane Noronha Bergonse Rua Martiniano de Carvalho, 1049 ap. 192 M 01321-001 - Bela Vista São Paulo - SP Tel./Fax: (11) 3171-3693 "E-mail":mailto:fbergonse@terra.com.br

 

Resumo

*Fundamentos:* As úlceras venosas dos membros inferiores são freqüentes e têm grande impacto na qualidade de vida e produtividade do indivíduo, além de alto custo para a saúde pública. *Objetivos:* Detecção de alterações arteriais em pacientes de úlcera venosa crônica dos membros inferiores com emprego de método não invasivo, de modo a discriminar aqueles em que estaria contra-indicado o tratamento compressivo. *Métodos:* Foram estudados 40 doentes portadores de úlcera venosa crônica, com o intuito de se avaliar a presença de doença arterial periférica pela medida do índice tornozelo/braço por doppler-ultra-som. *Resultados:* O índice tornozelo/braço mostrou-se alterado (menor que 1) em 9/22 (40,9%) doentes com úlcera venosa crônica e hipertensão arterial concomitante, e apenas em 1/13 (7,7%) doentes de úlcera venosa crônica sem hipertensão arterial. *Conclusão:* Doentes de úlcera venosa crônica e hipertensão arterial concomitantes devem ser submetidos rotineiramente à medida do índice tornozelo/braço para detecção de possível insuficiência arterial periférica associada.

Palavras-chave: ARTERIOPATIAS OCLUSIVAS, ÚLCERA VARICOSA, ULTRA-SONOGRAFIA DOPPLER

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações