Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 55 Número 3




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Doenças de transmissão sexual em estudantes de nível médio – Inquérito epidemiológico em Colégio Agrícola – Planaltina – Distrito Federal – 1978

Venereal diseases in high school students Epidemiological survey in an agricultural school - Planaltina - Distrito Federal - Brasil - 1978


MAURÍCIO GOMES PEREIRA1, MARIA JOSÉ ROCHA E SILVA2

1Sanitarista
2Dermatologista

*Trabalho do Departamento de Medicina Geral e Comunitária, Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Brasília.*

Correspondência:
Universidade de Brasília Caixa Postal 15-2922 70910- Brasília - DF

 

Resumo

UM INQUÉRITO EPIDEMIOLÓGICO SOBRE DOENÇAS DE TRANSMISSÃO SEXUAL (DTS) FOI FEITO EM 320 ALUNOS DE NÍVEL MÉDIO COM IDADE ENTRE 14 E 23 ANOS, REPRESENTANDO 86,5% DO TOTAL DE ALUNOS MATRICULADOS. DOS 284 QUE RELATARAM EXPERIÊNCIA SEXUAL PRÉVIA, 73 (25,7%) JÁ TINHAM TIDO ALGUMA ENFERMIDADE DE TRANSMISSÃO SEXUAL. A GONORRÉIA FOI A DOENÇA MAIS FREQÜENTE. IDADE DE 18 ANOS E MIGRAÇÃO ESTIVERAM ASSOCIADAS COM MAIOR FREQÜÊNCIA DE DOENÇAS. A PROSTITUIÇÃO DA CIDADE, APESAR DE IMPORTANTE FONTE DE INFECÇÃO PARA AQUELES QUE A PROCURAM, CONSTITUIU¬SE APENAS EM FONTE DE CONTÁGIO DE IMPORTÂNCIA SECUNDÁRIA NA POPULAÇÃO ESTUDADA. OS ESTUDANTES RECORRERAM A FARMÁCIAS, MAIS DO QUE A MÉDICOS, PARA TRATAMENTO.

Palavras-chave: MOLÉSTIAS VENÉREAS

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações