Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

2

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

2

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 55 Número 4




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Possíveis implicações do fator luz na pesquisa de células LE


NEIDE KALIL GASPAR1, ANTONIO PEDRO ANDRADE GASPAR2, MARIA ERBENE MELO ALVIM3, THEREZA FONSECA QUÍRICO4, PEDRO CARVALHO RODRIGUES5

1Professor Adjunto de Dermatologia - Departamento de Medicina Clínica - Centro de Ciências Médicas - Universidade Federal Fluminense
2Professor Assistente de Dermatologia - Departamento de Medicina Clínica - Centro de Ciências Médicas - Universidade Federal Fluminense
3Professor Adjunto de Hematologia - Departamento de Patologia e Apoio Clínico - Centro de Ciências Médicas - Universidade Federal Fluminense
4Auxiliar de Ensino de Hematologia - Departamento de Patologia e Apoio Clínico - Centro de Ciências Médicas - Universidade Federal Fluminense
5Professor Assistente de Bioestatística - Departamento de Saúde de Comunidade - Centro de Ciências Médicas - Universidade Federal Fluminense

- Proibido a reprodução total ou parcial para fins comerciais

Correspondência:
Neide Kalil Gaspar Rua Marquês de Paraná, 233 24030 - Niterói - RJ

 

Resumo

A exacerbação ou o desencadeamento do lupus eritematoso pela ação da luz e a reprodução experimental de sinais e sintomas da enfermidade por ação de raios ultravioleta constituem fatos incontestáveis esta fotossensibilidade in vivo teria sua equivalência in vitro na sensibilidade à luz do fenômeno LE. esta hipótese e aqueles aspectos fotopatológicos justificaram a tentativa de indução e/ou potencialização do fenômeno LE em sangue de indivíduos normais e de portadores de lupus eritematoso sistêmico e lupus eritematoso discóide os resultados reforçam a hipótese de que a irradiação luminosa constitui fator de relevância na gênese do fenômeno

Palavras-chave: CELÚLAS LE, FATOR LUZ

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações