Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 39 Número 4




Voltar ao sumário

 

Trabalhos originais

Dermatite de contato por bulbo de liliáceas


RENÉ GARRIDO NEVES1

1Médico-assistente, Encarregado do Setor de Alergologia

*Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, Serviço do Prof. J. Ramos e Silva, e apresentado na XXI Reunião Anual dos Dermato-Sífilis. Bras.*

 

Resumo

O A. apresenta 4 pacientes do sexo feminino com lesões das polpas digitais provocadas pelo manuseio de bulbos de alho (Allium sativum) e cebola (Allium cepa). As lesões são escamo-fissuradas e localizadas, preferenciamente, nas regiões sub-ungueais dos três primeiros quirodactilos esquerdos. Considera como elementos importantes para o diagnóstico: a topografia das lesões; a sensação subjetiva exagerada de ardência e prurido produzidos pelo contacto; o resultado dos testes e a melhora acentuada apenas, pelo simples afastamento.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações