Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 45 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Dermatose pustulosa subcórnea


GLYNE LEITE ROCHA1

1Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital do I.A.S.E.G. - GB - Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado da Guanabara. -Livre-Docente da Faculdade de Medicina -UFRJ - Professor da Escola de Pós Graduação Carlos Chagas.

Correspondência:
Glyne L. Rocha Av. Copacabana, 1.052 – 10º Rio de Janeiro – GB

 

Resumo

O caso descrito corresponde, pelas suas características clínicas histológicas, a Dermatose pustulosa, subcórnea de Sneddon e Wilkinson. Como características clínicas; é doença de média idade (40-60 anos), com lesões iniciais de pústulas, que ràpidamente se transformam em figuras circinadas, localizadas nas axilas, áreas de flexão e abdomen, acompanhadas ou não de prurido. Os pacientes conservam bom estado geral. Êsse paciente ragiu bela à medicação combinada, sulfona e triancinelona, e persiste curado após 6 anos de observação. Do ponto de vista, histológico, uma bôlha subcórnea, onde predominam neutrófilos, podendo haver figuras acantolíticas, como no caso presente. O diagnóstico diferencial com o Pênfigo foliáceo merece cuidados especiais, sobretudo em zonas endêmicas.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações