Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 47 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Importância do seguimento ambulatorial na redução da letalidade do pênfigo foliáceo sul-americano


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1, J. ARANHA CAMPOS2

1Médico do Hospital Adhemar de Barros
2Diretor do Hospital Adhemar de Barros

Trabalho realizado no Hospital Adhemar de Barros (Ex-Serviço do Pênfigo Foliáceo). São Paulo, Brasil. Apesentado à Secção Estadual de São Paulo, Brasil; da Socidade Brasileira de Dermatologia, em 18-12-1971

Correspondência:
Nelson Proença Rua Dr. Cesar, 62 - conj. 23 São Paulo - SP

 

Resumo

Foi analisada a letalidade entre doentes de pênfigo, a partir dos 2228 fichamentos feitos no Hospital especializado de São Paulo, desde 27-8-1940 data de sua fundação, até 15-12-1971. E’ posto em, destaque o grande avanço representado pela introdução do tratamento com corticosteróides, mas é também salientada a decisiva importãncia representada pelo seguimento ambulatorial dos doentes por tempo indeterminado. Na casuística do referido Hospital, foi somente após a instituição des¬se seguimento ambulatorial que se conseguiu uma, redução realmente satisfatória do índice de letalidade. Este, que chegou a 66,9 por 109 novos fichamentos (1945), é atualmente de 2-4 por 100 (1969-1971).

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações