Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

3

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

3

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 48 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Sicose tricofítica


RUBEM DAVID AZULAY1, JAYME DE AZEVEDO CARNEIRO2, J. TRINDADE FILHO3, ROGÉRIO RIBEIRO ESTRELLA4

1Prof. Titular da Disciplina de Dermatologia (Curso de Graduação e Pós-graduação), Departamento de Medicina Clínica, Faculdade de Medicina, UFF. Prof. Titular interino de Dermatologia da UEG. Membro titular da Academia Nacional de Medicina.
2Prof. Adjunto da UFRJ; Chefe do Laboratório de Micologia do Hospital de Clínicas da UEG.
3Auxiliares de ensino da Disciplina de Dermatologia, UFF.
4Residentes de Dermatologia no HUAP - UFF e Mestrandos do Curso de Pós-Graduação de Dermatologia e Sifilografia da UFF.

Casos estudados no Curso de Pós-graduação (Mestrado e Doutorado) de Dermatologia e Sifilografia (Orientador Prof. R. D. Azulay) do Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

 

Resumo

Os autores relatam dois casos de Sicose Tricofítica, um com acometimento exclusivo do bigode (T. mentagrophytes) e outro com lesões na barba e bigode (T. rubrum). Observou-se regressão total das lesões após uso de Griseofulvina microcristalina (500 mg por dia - durante 30 dias).

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações