Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Hanseníase: subnotificação de casos em Fortaleza - Ceará, Brasil

Leprosy: underreported cases in Fortaleza - Ceará, Brazil


MÔNICA CARDOSO FAÇANHA1, ALICEMARIA CIARLINI PINHEIRO2, JOSÉ RUBENS COSTA LIMA3, MARIA LUCY LANDIM TAVARES FERREIRA4, GISELE FAÇANHA DIÓGENES TEIXEIRA5, MARIA ZÉLIA ROUQUAYROL6

1Médica, Mestra em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ - Rio de Janeiro (RJ), Brasil; Professora de Doenças Infecciosas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará - UFC - Fortaleza (CE), Brasil.
2Médica Pediatra, Epidemiologista, Mestra em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará- UFC; Técnica da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde do Ceará e Municipal de Saúde de Fortaleza - Fortaleza (CE), Brasil.
3Médico Epidemiologista, Mestre em Epidemiologia pela Universidade de Campinas - Unicamp - Campinas (SP), Brasil; Técnico da Vigilância Epidemiológica Municipal de Saúde de Fortaleza - Fortaleza (CE), Brasil.
4Enfermeira, Chefe da Vigilância Epidemiológica da Hanseníase do Centro de Saúde Dona Libânia - Fortaleza (CE), Brasil.
5Estudante de Fisioterapia da Faculdade Integrada do Ceará - Fortaleza (CE), Brasil.
6Farmacêutica, Livre-Docente em Saúde Pública, Coordenadora do Boletim de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza - Fortaleza (CE), Brasil.

Recebido em 21.12.2004. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 08.04.2006. Trabalho realizado no Departamento de Saúde Comunitária - Faculdade de Medicina – Universidade Federal do Ceará - UFC; Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza; Centro de Saúde Dona Libânia – Secretaria Estadual da Saúde - Fortaleza (CE), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum Como citar este artigo: Façanha MC, Pinheiro AC, Lima JRC, Ferreira MLLT, Teixeira GFD, Rouquayrol MZ. Hanseníase: subnotificação de casos em Fortaleza – Ceará, Brasil. An Bras Dermatol. 2006;81(4):329-33.

Correspondência:
Mônica Cardoso Façanha Rua Pinto Madeira, 777/701 - Centro 60150-000 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3366-8044 / Fax: (85) 3366-8050 "E-mail":mfacanha@yahoo.com

 

Resumo

FUNDAMENTO – Visando à eliminação da hanseníase como problema de saúde pública no Brasil, o Ministério da Saúde tem como meta alcançar taxa de prevalência de menos de 1 caso/10.000 habitantes, estimulando o diagnóstico e tratamento dos casos e reduzindo a disseminação da doença. O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) foi designado para acompanhar o cumprimento dessa meta. OBJETIVO – Verificar a proporção dos casos de hanseníase diagnosticados nas unidades de saúde do município de Fortaleza que foi notificada ao SINAN. MÉTODOS – Foi feita a identificação dos casos diagnosticados e registrados nas unidades de saúde e notificados à Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMSF) entre 2002 e 2004 por meio da comparação nominal entre os registros locais e os registros do SINAN. RESULTADOS – Foram identificados e resgatados para o SINAN 411 casos que haviam sido diagnosticados e não notificados (17,5% do total informado) de 15 (64%) das unidades que informaram pelo menos um caso no período. Cerca 342 casos constavam nos livros e estavam notificados no banco de dados do SINAN das unidades de atendimento, mas não compunham o banco de dados do SINAN da SMSF. CONCLUSÕES – Constatou-se subnotificação de 14,9% dos casos detectados, fato que precisa ser prevenidoa para que os indicadores reflitam a real freqüência dos casos no município.

Palavras-chave: EPIDEMIOLOGIC SURVEILLANCE, SISTEMA DE SAÚDE, HANSENÍASE, NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS, VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações