Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 60 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Dermatoses ocupacionais – Estudo prospectivo de 500 pacientes

Occupational dermatoses - A prospective study of 500 cases


LORIVALDO MINELLI1

1Professor Adjunto de Dermatologia da Universidade Estadual de Londrina - Centro de Ciências da Saúde

Correspondência:
Lorivaldo Minelli Rua Hugo Cabral, 933 apto. 61 86100 - Londrina - PR

 

Resumo

O autor fez um estudo prospectivo de 500 pacientes que apresentavam dermatoses ocupacionais. O referido estudo teve início em 17.11.80 e terminou em 04.07.84 quando atingiu o número preliminarmente estabelecido (500 pacientes). Observou maior incidência no sexo feminino(77,6%) que no masculino (22,4%); maior freqüência na raça branca (78,2%); faixa etária prevalente dos 20 aos 44 anos; atingiu primordialmente as donas-de-casa (domésticas e "do lar"), estudantes, professores, zeladores, pedreiros e, em menos porcentual, a outras profissões. A dermatite de contato foi a doença mais freqüente (52,61%) seguida pela paroníquia candidiásica (22,57%) e pelo erosio interdigitalis blastomycetica (10,44%).

Palavras-chave: DERMATOSES OCUPACIONAIS, ESTUDO PROSPECTIVO

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações