Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Eritema ab igne: relato de um caso

Erythema ab igne: a case report


MAGDA BLESSMANN WEBER1, HUMBERTO ANTÔNIO PONZIO1, FRANCINE BATISTA COSTA2, LEANDRA CAMINI3

1Professor adjunto; mestre de Dermatologia. Universidade Luterana do Brasil - ULBRA, Porto Alegre (RS)
2Médica residente do Hospital Nossa Senhora de Fátima, Caxias do Sul (RS)
3Médica formada pela Universidade Luterana do Brasil - ULBRA, Porto Alegre (RS)

Recebido em 25.08.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 29.10.2004. Trabalho realizado na Universidade Luterana do Brasil - ULBRA, Porto Alegre (RS).

Correspondência:
Francine Batista Costa Av. Nilo Peçanha 2863/603 Porto Alegre - RS CEP 91330-001 Tel.: (51) 3328-3271 "E-mail":frc.poa@terra.com.br

 

Resumo

A lesão cutânea do eritema ab igne é caracterizada por eritema reticulado, hiperpigmentação, descamação fina, atrofia epidérmica e telangiectasias. Atualmente, a região lombar é a mais atingida, devido ao uso de bolsas de água quente, para alívio de dores crônicas, e por constantes exposições a calor profundo em sessões de fisioterapia. Os autores alertam sobre uma dermatose pouco diagnosticada e que talvez seja mais prevalente pela alta freqüência com que são realizados tratamentos fisioterápicos.

Palavras-chave: ERITEMA, FISIOTERAPIA (ESPECIALIDADE), RADIAÇÃO TÉRMICA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações