Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

38

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

38

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 74 Número 5




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Sarna crostosa neonatal

Neonatal crusted scabies


HIBANES DOS SANTOS RODRIGUES1, DEÓRGELIS ROSSO1, HIRAM LARANGEIRA DE ALMEIDA JR.2, LUCIA RIBEIRO SANTOS3

1Acadêmico do sexto ano
2Professor Adjunto de Dermatologia
3UTI neonatal, Hospital Universitário, Universidade Católica de Pelotas

_Rcebido em 29.9.98._ _Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 16.8.99._ *Trabalho realizado na Disciplina de Dermatologia, Faculdade de Medicina, Universidade de Pelotas - SP.

Correspondência:
Hiram Larangeira de Almeida Jr. Rua 15 de Novembro, 1047/405 Pelotas RS 96015-000

 

Resumo

Os autores relatam o caso de neonato de 30 dias de vida, que apresentou forma intensa de escabiose, caracterizada por descamação ictiosiforme no tronco, fissuras nas dobras e lesões hiperqueratósicas nas plantas, levando ao diagnóstico inicial de ictiose congênita. A pesquisa direta para ácaro foi positiva nas escamas. O tratamento com enxofre a 6% levou à resolução completa do quadro. No período neonatal a sarna crostosa deve ser diagnóstico diferencial de afecções descamativas, como a dermatite seborréica e a ictiose.

Palavras-chave: ISCTIOSE, ESCABIOSE

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações