Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

Último dia para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 74 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Leishmaniose tegumentar disseminada: relato de caso

Disseminated cutaneous leishmaniasis: case report


IVONISE FOLLADOR1, ACHILÉA CANDIDA LISBOA BITTENCOURT2, ALDINA BARRAL2, MARIA DA GLÓRIA ORGE3, EDGAR CARVALHO4

1Médica do Serviço de Dermatologia do Hospital Universtário Professor Edgar Santos da UFBA
2Professora adjunta da Faculdade de Medicina da UFBA
3Bioquímica do Serviço de Imunologia do HUPES da UFBA
4Professor adjunto da Faculdade de Medicina da UFBA

Recebido em 18.5.98. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 28.12.99. *Trabalho realizado no Serviço de Imunologia do Hospital Universitário Professor Edgar Santos (HUPES). Universidade Federal da Bahia

Correspondência:
Ivonise Follador Rua Timbó, 3509 - apto. 704 Porto Belo Salvador BA 41810-660 "E-mail":follador@svn.com.br

 

Resumo

A leishmaniose tegumentar disseminada é forma pouco freqüente de leishmaniose tegumentar que difere das formas anérgica difusa e cutânea clássica. Caracteriza-se clinicamente pela presença de grande número de lesões papulosas e acneiformes, raramente com ulcerações e com freqüente comprometimento mucoso. O teste intradérmico é positivo, os títulos sorológicos, extremamente elevados, e o exame histopatológico constuma revelar granulomas e padrão folicular. A resposta linfoproliferativa constuma ser bastante variável, o que não justifica chamar de reação de hipersensibilidade ou "leishmanide" como era previamente conhecida no Velho Mundo. Os casos descritos nas Américas estão associados à _Leishmania amazonensise à Leishmania braziliensis_. Os autores relatam um caso dessa forma de leishmaniose, surgido no povoado rural de Canoa, Santo Amaro, Bahia, durante a vigência de um surto da doença, descrevendo as características clínico-laboratoriais do mesmo e comparando os dados com a literatura.

Palavras-chave: LEISHMANIOSE CUTÂNEA DISSEMINADA, LEISHMANIOSE, LEISHMANIOSE CUTÂNEA

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações