Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 61 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Penfigo foliáceo endêmico na infância - Estudo evolutivo

ENDEMIC PEMPHIGUS FOLIACEUS IN CHILDREN


RAYMUNDO MARTINS CASTRO1, MARIA DENISE FONSECA TAKAHASHI1

1Do Departamento de Medicina Tropical e Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Diretor: Professor Doutor Sebastião Almeida Prado Sampaio)

Correspondência:
Raymundo Martins Castro Depto Med Tropical e Dermatologia FMUSO Divisão de Dermatologia Caixa Postal 8091 01051 - São Paulo - SP

 

Resumo

Foram estudados 21 doentes de PFE que adoeceram antes dos 14 finos de idade. O objetivo primordial do estudo foi verificar a evolução sob tratamento. Não obstante sua gravidade potencial, a soença teve evolução favorável sob corticoterapia. Nos doentes estudado dos verificou-se somente um óbito, um permanece fora de controle após três anos de observação, 13 dos doentes estão controgafos com doses baixas de corticosteróides e em três foi possível suspender a medicação. Em três casos não foi possível o seguimento rico após a alta hospitalar.

Palavras-chave: INFÂNCIA, PENFIGO FOLIÁCEO ENDÊMICO

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações