Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 73 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Avaliação do Ciclopirox no tratamento das onicomicoses

Evaluation of Ciclopirox "in treatment of onychomycoses"


BERNARDO GONTIJO1, CLARISSE ZAITZ2, CLAUDIO JOSÉ BARTELLE3, DAVID RUBEM AZULAY4, IPHIS TENFUSS CAMPBELL5, SILMARA DA COSTA PEREIRA CESTARI6

1Professor Adjunto. Doutor de Dermatologia, Faculdade de Medicina - UFMG
2Professora Adjunta. Doutora de Dermatologia, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, SP.
3Professor Responsável Adjunto de Dermatologia, Fundação Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre. Chefe do Serviço de Dermatologia. Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, RS.
4Professor Titular, Curso de Pós-graduação - PUC. Professor Assistente, Faculade de Medicina - UFRJ e FTESM.
5Médico Dermatologista, Hospital Universitário de Brasília - UnB
6Professora Adjunta. Doutora. Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. SP.

Recebido em 08.4.98. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 28.7.98. * Trabalho realizado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro; Hospital Universitário de Brasília; Universidade Federal de São Paulo e Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. " Loprox Nlã, cedido pelo Laboratório Hoescht Marion Russel AS.

Correspondência:
Bernardo Gontijo Rua Domingos Vieira, 300/505 Belo Horizonte MG 30150-240 Tel: (031) 241-1185 Fax: (031) 241-2279

 

Resumo

FUNDAMENTOS - O ciclopirox esmalte 8% é agente fungicida e esporícida com formulação apropiada para o tratamento das onimicoses. OBJETIVOS - Avaliar a eficácia, segurança e aceitação cosmética do ciclopirox esmalte no tratamento das onicomicoses. MÉTODO - Estudo multicêntrico, aberto, não comparativo, de 116 pacientes, com idade entre 18 e 70 anos, portadores de onicomicose distal/lateral ou superficial branca. A área afetada pela micose era igual ou inferior a 50 % da área total da unha, e a matriz ungueal, livre de acometimento micótico. O medicamento foi aplicado durante seis meses. RESULTADOS - A eficácia clínica foi avaliada pelo aumento da área não afetada da unha alvo e expressa em porcentagem da área total da unha. A variação foi de 74 ± 12% na visita inicial para 89 ± 10% ao término do tratamento (p<0,05). A negatividade da cultura foi observada em 83% dos pacientes, e a segurança e aceitação cosméticas, destacadas. CONCLUSÃO - O ciclopirox esmalte 8% mostrou-se eficaz, seguro e cosmeticamente adequado no tratamento das onicomicoses nos casos selecionados.

Palavras-chave: ONICOMICOSE, TERAPÊUTICA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações