Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 61 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Calcinose distrófica da vulva

VUVAR DYSTROPHIC CALCINOSIS


DANILO VICENTE FILGUEIRAS1, CARLOS ALBERTO BASÍLIO DE OLIVEIRA2, JOSÉ ALVIMAR FERREIRA3

1Professor Adjunto da UNI-RIO - Disciplina de Dermatologia - Hospital Universitário Gaffrée e Guinle - Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO)
2Professor Adjunto d UNI-RIO - Disciplina de Anatomia Patológica
3Professor Assistente da UNI-RIO - Disciplina de Dermatologia

Correspondência:
Hospital Universitário Gaffrée e Guinle UNI-RIO Rua Mariz e Barros 755 2004 - Rio de Janeiro - RJ

 

Resumo

Relatamos e discutimos o caso de uma paciente preta, de 16 anos 3e idade, com lesões nodulares, calcificadas, nos grandes lábios da rulva. Esta localização incomum poderia, à semelhança da calcinose escrotal já descrita na literatura, ser considerada nova forma de calzinose cutânea. Elaboramos, ainda, uma classificação a propósito das calcinoses cutâneas, na qual inserimos, entre as formas distrófrcas, Sois novos tipos: calcinose distrófica do escroto e calcinose distrófica da vulva.

Palavras-chave: CALCINOSE VULVAR, CALCINOSIS CUTIS, CALCINOSE CUTÂNEA, CALCIFICAÇÃO

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações