Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Desenvolvimento de preparado antigênico Mitsuda-símile e sua avaliação em pacientes multibacilares Mitsuda-negativos

Development of a Mitsuda-like antigen and its evaluation in multibacillary, Mitsuda-negative leprosy patients


RUY NORONHA MIRANDA1, LUIZ CARLOS PEREIRA2, SERGIO FONSECA TARLÉ3, ROGÉRIO A. NASCIMENTO4, SANDRA L. DE MELLO5, LISMARY A. F. MESQUITA6, IVONE T. DECHANDT7

1Prof. Emérito da Universidade Federal do Paraná - UFPR, Dermatologista e Hansenologista, Pesquisador Titular - Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.
2Prof. Titular de Dermatologia PUC-PR. Diretor de Ensino e Pesquisa da Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.
3Prof. Adjunto de Dermatologia, PUC-PR, Hansenologista, Diretor de Assistência Médico-Social da Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.
4Dermatologista (in memoriam).
5Dermatologista Cirúrgica, Preceptora da Residência Médica na Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.
6Patologista da Santa Casa de Curitiba - Curitiba (PR), Brasil.
7Bacharel em Ciências Contábeis, Diretora-presidente da Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.

Recebido em 18.11.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 01.06.2005. Trabalho realizado na Fundação Pró-Hansen - Curitiba, Paraná (PR), Brasil.

Correspondência:
Fundação Pró-Hansen Fernando Amaro, 1116 80050-020 - Curitiba - PR Tel./Fax: (41) 3263-2757 "E-mail":fprohansen@onda.com.br

 

Resumo

*Fundamentos*: A hanseníase, causada pelo _Mycobacterium leprae_, manifesta-se por forma clínica denominada paucibacilar, benigna, Mitsuda-positiva, imunocompetente, e por outra forma, denominada multibacilar, grave, Mitsuda-negativa, imunodeficiente. Doentes multibacilares, eliminadores de bacilos, são considerados os mantenedores da endemia hansênica. *Objetivos*: Os autores testaram cultura de micobactérias, obtida em laboratório, em pacientes Mitsuda-negativos, em busca de possível viragem imunológica. *Métodos*: Com a cultura de micobactérias, foi preparado antígeno mitsudina-símile, que foi testado em 28 hansenianos Mitsuda-negativos, os quais, após avaliação desse teste, foram submetidos a novo teste de Mitsuda. Outros 28 Mitsuda-negativos receberam a inoculação de placebo e, posteriormente, foram avaliados por meio de novo teste de Mitsuda. *Resultados*: Nos pacientes inoculados com a mitsudina experimental houve respostas favoráveis: em 25 deles reações macroscópicas positivas, em quatro das quais, com granuloma tuberculóide. Avaliados por meio de novo teste de Mitsuda, quatro deles responderam com típicas reações Mitsuda-positivas, com granuloma tuberculóide. Nos pacientes testados com placebo, as respostas foram negativas; a um novo teste de Mitsuda, houve uma resposta positiva. *Conclusões*: Em hansenianos Mitsuda-negativos, testados com mitsudina experimental, foram constatadas 14,29% de respostas favoráveis, com reações de Mitsuda-símiles provocadas por essa mitsudina; testados os pacientes, novamente, com o antígeno de Mitsuda, foram constatadas 14,81% de respostas favoráveis, com reações positivas.

Palavras-chave: MITSUDA ANTIGEN, ANTÍGENO DE MITSUDA, HANSENÍASE, IMUNIDADE CELULAR

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações