Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 63 Número 2




Voltar ao sumário

 

Farmacologia clínica

Tratamento de urticária crônica com novo antagonista dos receptores H1: astemizol

Treatment of chronic urticaria with the new H1-antihistamine: astemizole


ROGÉRIO ANTONIO S. NASCIMENTO1

1Professor 1º Assistente da Cadeira de Dermatologia da Faculdade de Medicina da PUC - Curitiba - Paraná

Correspondência:
Sérgio F. Tarlé Rua São Basílio Magno, 55 80420 - Curitiba - PR

 

Resumo

Foram estudados 22 pacientes, portadores de urticária crônica, que receberam, durante quatro semanas, um comprimido de 10mg de astemizol ao dia. Os resultados globais mostraram, em 82% dos casos, respostas excelentes e boas. Na avaliação diária dos pacientes, já no primeiro dia de tratamento, evidenciou-se melhora dos sintomas. Os efeitos colaterais foram praticamente ausentes. Concluíram os autores, que o astemizol é um tratamento seguro, eficaz, tendo um rápido início de ação, para portadores de urticária crônica.

Palavras-chave: URTICÁRIA CRÓNICA, ANTI-HISTAMINCOS, ASTEMIZOL

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações