Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Melanoma cutâneo: estudo prospectivo de 65 casos

Cutaneous melanoma: prospective study of 65 cases


NURIMAR C. FERNANDES1, ROBERTO CALMON2, JUAN P. MACEIRA3, TULLIA CUZZI3, CESAR S. CLAUDIO DA SILVA4

1Professor Adjunto de Dermatologia, Departamento de Clínica Médica, FM-UFRJ
2Médico, Serviço de Oncologia, HUCFF-UFRJ
3Professor Adjunto de Patologia, Departamento de Patologia, FM-UFRJ
4Professor Adjunto de Cirurgia Plástica, Departamento de Cirurgia, FM-UFRJ

Recebido em 08.09.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.12.2004. Trabalho realizado nos Serviços de Dermatologia, Oncologia, Anatomia Patológica e Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Correspondência:
Nurimar C. Fernandes Rua Alexandre de Gusmão, 28 / 201 Rio de Janeiro - RJ CEP 20520-120 Tel/Fax: (21) 2568-4158 * 51 "E-mail":nurimarfernandes@aol.com

 

Resumo

*Fundamentos:* A incidência e a mortalidade por melanoma cutâneo vêm aumentando em todo o mundo. Os registros brasileiros de bases populacionais não refletem precisamente a real dimensão do problema. *Objetivos:* Estudo prospectivo de 65 casos de melanoma cutâneo observados no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho no período de 1993 a 2003. *Métodos:* Foram analisadas as variáveis idade, sexo, cor, localização, tipos clínico-histológicos e estadiamento. *Resultados:* 64,7% na faixa etária de 40 a 69 anos, distribuição etária homogênea entre o sexo masculino (49,2%) e o sexo feminino (50,8%), predominância de brancos (83%), localização no tronco (35,3%), tipo clínico-histológico expansivo superficial (63%/30,7%) e relação de significância entre tipo acral localizado no pé em não brancos. Segundo o _American Joint Committee on Cancer_, em 2002, 22 casos (33,8%) no estádio IA, 14 (21,5%) melanomas _in situ_ e um caso indeterminado. *Conclusões:* O melanoma cutâneo primário na amostra estudada mostrou padrões semelhantes aos classicamente reconhecidos e maior freqüência do estádio IA e melanoma _in situ_.Palavras-chave: Estudos prospectivos; Melanoma/diagnóstico; Melanoma/epidemiologia; Neoplasias cutâneas/patologia.

Palavras-chave: MELANOMA/EPIDEMIOLOGIA, MELANOMA/DIAGNÓSTICO, NEOPLASIAS CUTÂNEAS/PATOLOGIA, ESTUDOS PROSPECTIVOS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações