Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

19

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

19

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 72 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Hamartoma congênito de músculo liso: relato de caso


CARLA BARROS DA ROCHA RIBAS1, JONAS RIBAS2, ANTONIO PEDRO MENDES SCHETTINI3

1Coordenadora da Residência Médica de Dermatologia
2Chefe da disciplina de Dermatologia, Faculdade de Medicina da Universidade do Amazonas. Preceptor da Residência Médica de Dermatologia
3Preceptor da Residência Médica de Dermatologia; Dermatopatologista

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 21.11.96._ *Trabalho realizado no Ambulatório de Dermatologia Pediátrica, Instituto de Dermatologia Tropical e Venereologia Alfredo da Matta.

Correspondência:
Carla Barros da Rocha Ribas Rua 24 de Maio, 220/510 Manaus AM 69010-080 Tel/Fax: (092) 234-5019

 

Resumo

O hamartoma congênito de músculo liso é malformação benigna da pele, pouco freqüente; desde sua primeira descrição, por Sourreil em 1969, apenas 62 casos foram mencionados na literatura médica. Os autores descrevem um paciente do sexo masculino, com quatro meses de idade, que, no seu entender, após revisão blbliográfica, trata-se do primeiro da literatura brasileira. Procurou-se dar ênfase ao pseudo sinal de Darier, às características anatomoclínicas e aos diagnósticos diferenciais.

Palavras-chave: HAMARTOMA, MÚSCULO LISO

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações