Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 72 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Dermatofibrossarcoma protuberante: aspectos clínicos e cirúrgicos.


ALOÍSIO FERREIRA DA SILVA FILHO1, JOSÉ DE SOUZA ANDRADE FILHO2, ILENE MARIA GUIMARÃES DE SIQUEIRA3, PATRÍCIA SILVA SARAIVA4, GERALDO MAGELA MAGALHÃES3, JOSÉ CARLOS RIBEIRO RESENDE ALVES5

1Assistente da Segunda Clínica de Cirurgia Plástica
2Chefe do Serviço de Anatomia Patológica
3Pós-Graduandos em Cirurgia Plástica
4Residente (MEC) de Cirurgia Plástica
5Chefe da Sgunda Clínica de Cirurgia Plástica

_Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 04.4.97_ *Trabalho realizado naSegunda Clínica de Cirurgia Plástica e no Serviço de Anatomia Patológica. Hospital Felício Rocho, Belo Horizonte, MG.

Correspondência:
Aloísio Ferreira da Silva Filho Rua Uberaba, 418/202 Belo Horizonte MG 30180-080 Tel/Fax: (031) 295-1665

 

Resumo

Os autores apresentam dez casos de dermatofibrossarcoma protuberante tratados por cirurgia radical e acompanhados durante 101 meses, em média. Nesse período não houve recidivas nem metástases. Cinco dos casos já haviam sofrido tratamento cirúrgico prévio, e dois haviam sido submetidos à radioterapia. Os autores concluem que a cirurgia radical é extremamenteeficaz no tratamento do tumor. Recomendam, como critérios de radicalidade, ressecções com margens livres de pelo menos 3cm em lateralidade; em profundidade a ressecção deve incluir a estrutura anatômica profunda não atingida pelo tumor (fáscia, músculo ou tábua externa do osso).

Palavras-chave: NEOPLASIAS CUTÂNEAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações