Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 64 Número 1




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Dermatofitoses - Principais agentes etiológicos identificados em Fortaleza

Dermatophytosis - Principal etiologic agents identified in Fortaleza


HUMBERTO MACIEL GONDIM GONÇALVES1, ANA CLAUDIA PORTO MAPURUNGA1, JOSÉ AJAX NOGUEIRA QUEIROZ2, MARIA JOSÉ NOGUEIRA DIÓGENES3

1Aluno do Curso de Medicina do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Ceará
2Professor Adjunto de Imunologia do Departamento de Patologia e Medicina Legal do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Ceará
3Professor Adjunto de Dermatologia do Departamento de Medicina Clínica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Ceará

Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Walter Cantídio

Correspondência:
Maria José Nogueira Diógenes Av. Estados Unidos, 130/201 60170 - Fortaleza - CE

 

Resumo

Foram estudadas 665 culturas positivas para dermatófitos no período de janeiro de 1980 a agosto de 1987, que mostraram ser cinco as espécies implicadas: Trychophyton tonsurans (43.8%), Trychophyton rubrum (39.2%), Trychophyton mentagrophytes (13.8%), Microsporum canis (2.4%), Epidermophyton floccosum (0.8%).

Palavras-chave: DERMATOFITOSES, INCIDÊNCIA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações