Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 64 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Dermatofitoses nas crianças. Estudo de 139 casos

Dermatofitoses nas crianças. Estudo de 139 casos


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1, SONIA BEATRIZ PROENÇA ASSUMPÇÃO2

1Professor Pleno de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo - Capital
2Biologa

Trabalho realizado em Clínica Privada.

Correspondência:
Rua Prof. Arthur Ramos 241 - cj 94 - 9º and 01454 - São Paulo - SP

 

Resumo

Foram estudados 139 casos de dermatofitoses em crianças de 0-12 anos de idade observados em período de 18 anos. A confirmação de todos os casos foi feita pelo exame micológico direto (potassa a 20%). Os cultivos tentados em todos os casos só resultaram positivos em 101. As seguintes conclusões podem ser tiradas: a. as dermatofitoses mais comuns são a tinea capitis e a tinea corporis: b. dermatofitose da região crural do pé e das mãos tão comuns nos adultos são muito menos freqüentes nas crianças; c. os fungos mais encontrados foram o Microsporum canis. Trichophyton rubrum. Trichophyton mentagrophytes e. raramente. Microsporum gypseum e Epidermophyton floccosum.

Palavras-chave: DERMATOFITOSE EM CRIANÇAS, TINEA CAPITIS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações