Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 64 Número 2




Voltar ao sumário

 

Farmacologia clínica

Tratamento do lúpus eritematoso discóide com talidomida

Treatment of discoid lupus erythematosus by thalidomide


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1, MARCIA FINO BERNARDES2

1Professor Titular
2Médico Voluntário

Trabalho realizado na Clínica Dermatológica da Santa Casa de São Paulo.

 

Resumo

São apresentados os resultados do tratamento de sete pacientes com lúpus eritematoso discóide (LED) com talidomida. Em todos foi empregada a dose inicial de 200mg posteriormente reduzida. Foi obtida melhora clínica evidente em seis pacientes, já ao fim da 4ª semana de tratamento. Remissão total ocorreu em todos os casos entre a 5ª e a 12ª semanas. Com a suspensão da talidomida, cinco pacientes sofreram recidiva em períodos variáveis entre quatro e 20 semanas: dois pacientes não voltaram para controle.

Palavras-chave: LÚPUS ERITEMATOSO DISCÓIDE, TALIDOMIDA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações