Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 64 Número 3




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Cromoblastomicose no interior do estado do Rio Grande do Sul


A. T. LONDERO1, CECY D. RAMOS1

1Pesquisador I-A do CNPq

Trabalho do Departamento de Microbiologia e Parasitologia da Universidade Federal de Santa Maria - Santa Maria - RS

Correspondência:
A.T. Londero Tuiuti, 1809/201 97015 - Sta. Maria - RS

 

Resumo

Foram revistos os protocolos clínico-micológicos de 73 pacientes com cromoblastomicose vistos no interior do Estado do Rio Grande do Sul. A relação entre pacientes homens e mulheres foi de 7:1. Lesões precoces foram observadas em 8,2 dos pacientes. As lesões localizavam-se nos membros superiores e face em 8,2 e 4,1% dos doentes, respectivamente. F. pedrosoi foi o único agente da infecção isolada. Foi discutida a distribuição geográfica peculiar que a micose apresenta no Estado.

Palavras-chave: FONSECAEA PEDROSOI, CROMOBLASTOMICOSE

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações