Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 65 Número 2




Voltar ao sumário

 

Temas de atualização

Psoríase na criança

Psoriasis in childhood


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1

1Professor Pleno de Dermatologia e Chefe da Clínica Dermatológica da Santa Casa de São Paulo

Trabalho apresentado ao Simpósio sobre Psoríase VII, Radla, Montevidéu, 1989.

Correspondência:
Prof. Dr. Nelson Guimarães Proença Rua Prof. Arthur Ramos, 241 - cj. 94 01454 - São Paulo - SP

 

Resumo

Para fixar aspectos da psoríase que ocorre na infância, fizemos o levantamento dos casos que atendemos ao longo de 20 anos. Reunidos 97 casos em crianças até 12 anos de idade, foi possível fixar algumas características da dermatose, em nosso meio, as quais nem sempre coincidem com as da literatura internacional: a) ocorre igualmente em meninos e meninas (48:49); b) o maior número de casos surge entre os cinco e os oito anos; c) a localização inicial mais frequente é a do couro cabeludo, mas chama também a atenção o significativo número de casos iniciados pelas unhas (7); d) no momento da primeira consulta predominou a variedade em placas (57), seguida da gotada disseminada (11) e palmoplantar (11); e) em casos de psoríase disseminada em gotas, não conseguimos comprovar uma infecção do cavo, a não ser em duas crianças; f) ao discutir o tratamento das formas mais severas, deu-se ênfase à impropriedade de se usar etretinato, PUVA ou metotrexate; g) em que pese essa ressalva, quando foi necessária usar MTX, este se mostrou bastante eficaz; contudo, em três das dez crianças assim tratadas houve sintomas de intolerância que obrigaram a interromper o tratamento.

Palavras-chave: PSORÍASE, INFÂNCIA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações